Dragon Ball Super: Entrevista De Toyotaro Na Napoli Comi-Con 2017


No último sábado, 29 de abril, Toyotaro esteve na Napoli Comi-Con 2017, na Itália, para dar autógrafos e falar sobre o mangá de Dragon Ball Super, no qual ele desenha. Na Itália, o mangá de Dragon Ball Super é publicado pela 
Star Comics. Confira a entrevista:

Como você foi escolhido para ser o sucessor de Toriyama?

Eu me apresentei a Shueisha dizendo que queria desenhar Dragon Ball Super. Então eles me deram a oportunidade de desenhar a série relacionada ao jogo de videogame (Dragon Ball Heroes) e após três meses me ofereceram para desenhar duas páginas de Dragon Ball Super.

E é aí que tudo começou, eu estava muito feliz.

Como é sua relação com Toriyama? Que conselhos ele dá?

Toriyama escreve primeiro o roteiro e o texto, em seguida eu crio o storyboard e apresento a Shueisha e ao Toriyama. Depois da aprovação, começo os desenhos.

Você acha que contribuiu para continuar o que Toriyama fez?

Sim, esta é uma série criada por Toriyama, então você tem que seguir o seu estilo, mas também quer introduzir alguma originalidade e essência.

Quais são essas originalidades?

Em relação à história, mantenho o arco narrativo-texto e scripts de Toriyama, mas posso incluir minhas próprias piadas. Então Toriyama cria as coisas principais, mas logo acrescento elementos próprios. Por exemplo, a coreografia de luta.


Você escuta os conselhos dos seus fãs? Como você traz os conselhos na prática?

Eu seria o primeiro fã de Dragon Ball, porque eu sou o primeiro a querer ver mais Dragon Ball, como Goku ficando mais forte e tudo isso, e como todo mundo ama Dragon Ball, todos eles tem grandes expectativas e tentam adicionar várias coisas possíveis. Em relação ao público, não consigo ouvir todo mundo, mas espero que minhas ideias os satisfaçam. 

Você pode nos antecipar algum evento na história de Dragon Ball Super?

Supondo que já leram o Volume 2, onde Goku Black aparece, vamos descobrir eventos relacionados a ele. Claro que a história de Dragon Ball Super tem que terminar como a história original, de forma consistente e naturalmente, de modo que pelo menos você sabe que, sem dúvida, Goku, Vegeta e os outros vão sobreviver. Então você pode certamente esperar isso.

Como você se sente fazendo parte de uma obra tão popular?

Eu acho que Dragon Ball continua sendo muito amado, porque foi visto em todo o mundo e a equipe que trabalhou com esta franquia foi genial, então não quero desapontar os fãs, por isso desenho com um grande senso de responsabilidade.

Qual é a maior lição que você recebeu de Toriyama?

Toriyama não tem me dado lições diretas e específicas, mas o que tenho recebido dele, através de entrevistas, é que o mangá tem que ser divertido, mesmo que não faça muito sentido, o importante é que os leitores se divirtam lendo.

Qual foi a cena mais difícil de fazer?

Foi no Volume 2, a cena em que Mai é atingida (por Goku Black), porque eu queria desenhar um Trunks desesperado e furioso, principalmente por causa de Bulma que momentos antes tinha sido assassinada. Além disso, também foi revelado o rosto do novo inimigo, que até então permaneceu nas sombras, Goku Black, que para impressionar mais ainda os leitores, tinha o mesmo rosto de Goku.

Conte-nos sobre as ilustrações, começando pela capa

Para a capa do primeiro volume eu queria fazer algo que imediatamente lembrasse Dragon Ball, não foi uma ideia de Toriyama, mas queria manter o seu estilo e trazer movimentos, então imaginei Goku surfando no dragão.

Esta imagem (abaixo) mostra um Goku entediado, você se divertiu desenhando assim?

Esta cena em que aparece Goku trabalhando no campo entediado foi enviada por Toriyama. Sua esposa, Chi-Chi o obrigou a trabalhar, então eu desenhei assim. 




Nesta imagem (abaixo) Goku faz seu primeiro Kamehameha em Dragon Ball Super, o que você sentiu nessa cena?

O Kamehameha é uma técnica muito importante de Dragon Ball e já foi desenhada muitas vezes, mas esta é frontal. 
A segunda ou terceira vez que eu desenhei foi de lado, e foi mais complicado que esta.




Nesta (abaixo), Goku e Vegeta se enfrentam pela primeira vez em Dragon Ball Super, você gostou de desenhar essa cena?

A verdade é que essa cena foi um treinamento simples entre Goku e Vegeta, mas para dar mais movimentos ao episódio, preferi desenhar mais agressivo e dar um impacto maior.




Nesta (abaixo) vemos um personagem muito semelhante ao Freeza, entre outras coisas, fazendo uma das poses mais famosas do "tirano", foi emocionante desenhá-lo?

Este personagem é uma outra versão do Freeza, então eu queria usar a pose do Freeza e desenhei Frost com essa postura.




Para você, qual foi o momento mais incrível de Dragon Ball?

Acompanho a série desde que ia para a escola e ficava desenhando durante o recreio. A cena mais impressionante para mim foi quando Goku se transforma em Super Saiyajin pela primeira vez contra Freeza. Foi muito bom.

Você tem uma memória de infância relacionada com Dragon Ball?

A memória de infância que tenho relacionada com Dragon Ball é que minha família tinha organizado uma festa com amigos, mas nesse dia tava passando Dragon Ball Z na TV, quando eu liguei estava na cena em que Gohan destrói a nave de Raditz. Eu estava muito chateado com a festa pois por causa dela não pude assistir o episódio completo.

Nenhum comentário:

♪ Músicas

Sites Oficiais

Parceiros

Image and video hosting by TinyPic
OtakuBFX
Assistir Séries
Agregador de Site
Animes Aki
AnnimesPlay
AnnimesPlay
AnnimesPlay

Participamos de: